Lenntech <!-- PLUGIN:LANGUAGE:water_treatment_and_purification --> Lenntech <!-- PLUGIN:LANGUAGE:water_treatment_and_purification -->

Water softener FAQ

The question library on hard water and water softening

Schematic representation of a water softener

This water softener FAQ is made up of eight parts:

1. Questões sobre água dura
2.Questões sobre amaciadores de água
3. Questões sobre Sais de amaciamento de água
4. Questões Custos de amaciamento
5. Questões sobre água potável macia
6. Questões sobre manutenção de amaciadores de água
7. Questões sobre o dispositico de amaciamento
8. Questões sobre amaciadores domésticos

1. Questões sobre água dura

1.1 O que é uma água dura?

Uma água é considerada dura quando o seu teor em minerais de cálcio (Ca) e magnésio (Mg) é mais elevado que numa água dita normal. O nível de dureza aumenta quando estes dois iões se dissolvem na água. O cálcio e o magnésio são iões positivos. Devido á sua pesença é mais difícil que outros iões de carga positiva se dissolvam na água. Por esta razão torna-se difícil o aparecimento de espumas em águas muito duras.

1.2 Quais as indústrias que valorizam as águas duras?

A dureza da água é muito importante em muitas aplicações industriais, como a preparação de água potável, cervejarias, indústrias de refrigerantes e também águas de utilidades para arrefecedores e para caldeira.


2. Questões sobre amaciadores de água

2.1 Questões sobre amaciadores de água?

Quando uma água contém quantidades significativas de cálcio e magnésio, é designada como uma água dura. As águas duras são responsáveis pelo entupimento de canos e pela não dissolução dos detergentes.

2.2 O que é um amaciador de água?

Um amaciador de água é uma unidade que é usada no tratamento de águas duras. Remove os minerais que conferem dureza à água.

2.3 Qual a razão de um amaciador de água?

Retirar a dureza à água é um processo importante porque evita o entupimento das canalizações e possiblita uma melhor dissolução de sabões de detergentes.

A dureza da água aumento o risco de formação e calcário nos sistemas de água domésticos, diminuindo a performance dos aquecedores, tanques ou caldeiras de água. Isto implica um aumento dos custos de água em cerca de 15% a 20%, pois uma maior quantidade de água é necessária para o aquecimento. Os depóstos de calcário também são responsáveis por danificar as máquinas domésticas, como as máquinas de lavar.


2.4 Porque se utiliza um amaciador de água?

Os amaciadores de água são permutadores iónicos específicos, que são desenhados para remover iões com carga positiva, principalmente os iões (Ca2+) e (Mg2+), que são conhecidos como os minerais duros. Os amaciadores são por vezes utilizados para remover o ferro. Esta tecnologia é capaz de remover até cerca de 5 mg/L do ferro dissolvido na água. Os amaciadores podem operar de forma automática, semi-automática ou manual, e cada tipo está categorizado consoante a quantidade de dureza que é capaz de remover antes de haver necessidade de regeneração.

Um amaciador de água colecta os minerais dentro de um tanque de condicionamento e de tempos a tempos, o tanque é esvaziado para a drenagem dos minerais.

A permuta iónica é muitas vezes utilizada como forma de retirar a dureza da água. Na prática, este processo substitui os iões de cálcio e magnésio da água por outros iões, como por exemplo sódio ou potássio.

2.5 Qual é a duração do amaciador de água?

Este tipo de equipamentos podem durar muitos anos. Amaciadores fornecidos nos anos 80 ainda se encontram em funcionamento. Para além de adição de sais, os amaciadores só precisam de pequenas manutenções.

3. Questões sobre sais de amaciamento de água

3.1Que tipo de sais comercializados para um processo de amaciamento de água?

Para o amaciamento de água, três tipos de sais são geralmete usados:
- sais de pedra
- sais solares
- sais evaporados

Sais pedra formam-se naturalmente no solo, a partir dos sais do subsolo pelos processos tradicionais de minerização. Contem 98%-99% de cloreto de sódio. O seu nível de insolubilidade é 0.5% e 1.5% principalmente devido à existência de sais de sulfatos de cácio, o seu componente mais importante.
Sais solares é um producto natural obtido através da evaporação da água do mar. Contém cerca de 85% de cloreto de sódio. E o nível de insolubilidade da água é menos do 0.03%. É comercializado em forma de cristais e por vezes em forma de pellets.
Sais evaporados é obtido através dos depósitos de sal existentes no subsolo, provenientes da dissolução do sal na terra. A mistura é vaporizada usando a energia do carvão ou do gás natural. O sal evaporado contém cerca de 99.6% e 99.9% de cloreto de sódio.


3.2 Qual dos três sais deve ser usado?

Sais de pedra contém muitos resíduos que não são insolúveis. Como consequência disto os reservatórios dos amaciadores de água necessitam de ser limpos mais regularmente. Sais de pedra são mais baratos que os sais evaporados e os sais solares, contudo os sais de pedra requerem mais tempo e energia.
Sais solares contém mais materiais insolúveis que os sais evaporados. Quando se decide qual dos dois deste sais usar, tem que se entrar em consideração com a quantidade de sal que é necessária, com que frequência se procede à limpeza do amaciador e com o dimensionamento do amaciador. Se o processo não requerer grandes quantidades de sais, as areias podem ser usadas alternadamente. Se por outro lado houver necessidade de grandes quantidades de sais, vai haver uma formação maior de materiais insolúveis quando se usa sais solares. Assim será necessário limpar o reservátorio com mais frequência, pelo que neste caso recomenda-se o uso de sais evaporados.


3.3 É nocivo misturar diferentes tipos de sais no amaciador?

Geralmente não há problema quando se misturam sais num amaciador de água, contudo à tipos de amaciadores que são desenhados especificamente para determinados tipos de sais amaciadores, pelo que quando se usam productos alternativos, este tipo de amaciador não funcionam como deve ser.

Não é recomendável misturar sais evaporados com sais de pedra pois pode entupir o reservatório. É recomendável que primeiro deixe o seu equipamento consumir um tipo de sal e só depois adicionar o segundo tipo, assim consegue evitar problemas de mistura.


3.4 Com que frequência devem ser adicionados sais ao amaciador?

Enquanto o amaciador regenera, o sal pode ser adicionado no reservatório. Quanto mais vezes é necessário regenerar o amaciador mais vezes é necessário adicionar o sal.
Geralmente as unidades de amaciadores de água são revistos todos os meses. Para garantir uma performance satisfatória, o reservatório deve conter sempre, sal até meio, pelo menos.


3.5 Porque é que por vezes não é possível remover a dureza da água quando o sal é adicionado?

Antes do sal começar a funcionar necessita de algum tempo de residência no amaciador pois a dissolução do sal é lenta. Quando a regeneração começa logo após a adição do sal no reservatório, o amaciador de água não funciona de acordo com o suposto.

Quando não ocorre o amaciamento de água, pode dar-se o mal funcionamento da peça de equipamento ou um problema com os sal usado.

4. Questões Custos de amaciamento

4.1 Qual é o preço do amaciador de água?

Alguns amaciadores são mais eficientes que outros e por isso são mais caros. Existem diferentes tipos de amaciadores que se destinguem pelo modo de operação, como por exemplo temos os amaciadores modo tempo e os contraladores de medição de água. Estes últimos produzem uma água mais macia por grama de sal.
Alguns amaciadores funcionam com a electricidade mas recentemente, estes equipamentos também podem usar a energia da água. Os custos dependem na sua maioria no tipo de equipamento, no tipo de energia, na quantidade de dureza que é necessária remover e para que fim se destina a água a amaciar.
Os custos de um amaciador de água podem variar entre os 0.20 euros e os 0.40 euros por dia. O investimento num amaciador de água é quase sempre vantajoso, uma vez que o uso de uma água macia é mais barato quando comparado com os custos adjacentes ao uso de uma água mais dura.


4.2 Quais são os custos de operação de um amaciador de água?

Os custos de operação são apenas o custo do sal, que é por volta 1.95 euros por pessoa , por mês para uso doméstico.

5. Questões sobre água potável macia

5.1 As empresas de fornecimento de água também produzem águas de dureza reduzida?

As empresas de tratamento de água têm a oportunidade de produzir águas macias amacias, no entanto muitas vezes não o fazem. Este tipo de empresas apenas têm de adicionar o amaciador de água no seu processo de purificação para produzir água macia e purificada o mais barato possível. Os consumidores nem sempre têm a oportunidade de beber água amaciada. A dureza da água torna-se um problema nos casos em que a água á aquecida, pelo que a água dura não é um problema para as empresas fornecedoras pois a água é fornecida à temperatura ambiente.

5.2 Uma água macia é própria para beber

Águas macias ainda contém todos os minerais naturais de que precisamos. No processo de amaciamento apenas se retirou os sais de cálcio e magnésio e foi adicionado algum cálcio. Uma água suave é na maior parte das vezes própria para consumo. Apenas é aconselhável que uma água suave conetnha até 300mg/L de sódio. Em áreas onde é água foi amaciada por ter um elevado grau de dureza, não deve ser utilizada para a preparação de leite para bebé devido à sua elevada concentração em sódio?

5.3 O sal usado para amaciar a água pode entrar em contacto com a água?

Numa unidade de amaciamento de água, o sal não entra em contacto com a água para consumo. O sal é apenas usado no amaciador para regenerar a resina, que retirar os sais da água reponsáveis pela dureza.

5.4 Qual é a quantidade de sódio que pode ser absorvida a partir de uma macia?

A quantidade de sódio na água depende da dureza desta. Em média, menos de 3% de sódio pode ser consumido por beber água amaciada. Estima-se que uma pessoa consuma cerca de três colheres-de-chá de sal por dia, de várias fontes. Assumindo um consumo diário de 5 g de sódio através dos alimentos e do consumo de três quartos de água, a contribuição de sódio na água apresenta valores infimos quando se compara com o consumo diário de alguns alimentos com elevado teor em sódio.


5.5 Ao retirar a dureza de uma água está-se também a retirar alguns minerais essenciais?

Ao retirar a dureza da água apenas se retira os minerais que conferem dureza à água como o cálcio, o magnésio e o ferro.

6 Questões sobre manutenção de amaciadores de água

6.1 Quando é que a resina do amaciador precisa de ser mudada?

Quando uma água não atinge o nível de amaciamento desejado, há que considerar problemas a nível do sal usado ou ao nível mecânico dos componentes da unidade. Se o nível de amaciamento continuar insatisfactório, pode se começar a pensar que o problema poderá estar na resina e, então, está terá de ser mudada. De acordo com a nossa experiência sabemos que normalmente, uma resina dura cerca de 20 a 25 anos.

6.2 Há necessidade de limpar o reservatório?

Normalmente não há necessidade de limpar o reservatório, a menos que o sal usado contenha muitos materiais insoluveis na água ou que haja alguma anómalia. Se a matéria em sais aumenta na resina, o reservatório deve ser limpo de maneira a que ocorram problemas no amaciador.

6.3 What is 'mushing' and why should we avoid it?

When loosely compacted salt pellets or cube-style salt is used in a resin, it may form tiny crystals of evaporated salt, which are similar to table salt. These crystals may bond, creating a thick mass in the brine tank. This phenomenon, commonly known as 'mushing', may interrupt brine production. Brine production is the most important element for refreshing of the resin beads in a water softener. Without brine production, a water softener is not able produce soft water.

7. Questões sobre o modo de operação dos amaciadores

7.1 A salmoura produzida nos amaciadores pode provocar danos numa fossa asséptica?

A associação da qualidade da água executou alguns estudos sobre este assunto. Tais estudos revelaram que se uma fossa asséptica, a funcionar em condições adequadas, for colocada num local apropriado, as descargas de salmoura do amaciador não provocarão quaisquer danos na fossa asséptica. Até por vezes ajudam a reduzir a quantidade de detergentes descarregados.


7.2 Podem-se usar canalizações de chumbos com uma água amaciada?

Sistema de canalizações de chumbo têm de ser removidos antes de uma água amaciada fluir no seu interior. Águas duras não trazem qualquer problemas para as canalizações de chumbo. Quando uma água amaciada (naturalmente ou artificialmente) passa por este tipo canalizações, consegue dissolver o chumbo.

7.3 É possível medir dureza da água no sistema?

Sim, Os instrumentos que medem a dureza da água designam-se de Testomat. Contudo este sistema de medida é aplicado maioritariamente, nos sistemas industriais.

8. Questões sobre amaciadores domésticos

8.1 Os amaciadores de água podem ser mudados de sítio?

Com os sistemas de amaciamento modernos é possível mudé-los de sítio. As instalações técnicas envolvem rápidas ligações, em muito semelhante às das máquinas de lavar. Apenas é necessário fechar as válvulas de entrada e de saída do amaciador, abrir a válvula bypass, por forma a possibilitar que a água dura flua para o tanque de recolha e abrir, também, as torneiras de casa. Depois deste procedimentos o unidade de amaciador pode ser desconectada, mudada de local e ligada novamente, no seu novo local.

8.2 Os deperdícios provenientes do amaciador de água podem ser descarregados directamente no jardim?

A salmoura altera a pressão osmótica que é usada pelas plantas, para etsas regularem as suas necessidades de água. Descargas directas de cloro de sodio ou de potássio devem ser evitadas.

8.3 Água amaciada provoca pele seca?

Há casos em que este tipo de problemas de pele melhoraram com o uso de água macia, isto porque uma água macia é suave para a pele e para o cabelo.


Suggested reading for the topic: Water softener

Other interesting pages: Water treatment history

Sobre a Lenntech

Lenntech BV
Rotterdamseweg 402 M
2629 HH Delft

tel: +31 152 755 717
fax: +31 152 616 289
e-mail: info@lenntech.com


Copyright © 1998-2016 Lenntech B.V. All rights reserved